NOTICIA

Unijuí realiza atendimentos e encaminhamentos de saúde para idosos por telefone

01/05/2020 23:36

As atividades, ligadas à área de Extensão da Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Universidade, estão sendo realizadas para identificar importantes questões físicas e emocionais em grupo de idosos com segurança.

 




O Grupo Interdisciplinar de Apoio à Terceira Idade, por sua vez vinculado à Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, com o objetivo de identificar necessidades neste grupo de pessoas, presta atendimentos aos integrantes do Programa Integrado para a Terceira Idade - PITI, vinculado ao curso de Educação Física (DHE), que há mais de 20 anos realiza atividades com a população idosa de Ijuí.


Segundo a professora Angélica Moreira, uma das coordenadoras da atividade, o objetivo é criar e manter vínculos com os membros do PITI, para “identificar as necessidades e situações de maior urgência, ou vulnerabilidade, reconhecer fatores de risco a partir de um protocolo de acolhimento. Desta forma, a gente identifica a situação atual do idoso, físicas ou psíquicas, que estão gerando sofrimento neste momento,” observa a professor.


A partir da identificação das questões de saúde, são realizados encaminhamentos, levando em conta as necessidades individuais de cada integrante atendido. A professora também observa que, em relação ao Coronavírus, os profissionais que realizam o atendimento estão atentos quanto ao relato de possíveis sintomas, ou de situações geradas pela pandemia e isolamento social. “Uma vez que o idoso é orientado a sair o mínimo possível de casa, muitos acabam ficando extremamente ansiosos, podendo desencadear situações que fogem do controle. A partir dessa ligação telefônica, a gente percebe também alguns outros pontos críticos, para além da questão da Covid-19”, acrescenta.


Uma das professoras responsáveis pelos atendimentos e encaminhamentos na área da Psicologia, a professora Solange Schorn, observa que está sendo construído um instrumento norteador de diálogo com esta população idosa, tendo em vista o cenário de pandemia e isolamento social. “Nossa conversa ocorre no sentido de compreender como eles estão sentindo esta situação, considerando o isolamento, pois sabemos que traz um desconforto não poder ter encontros com familiares e amigos como antes”, observa. E acrescenta: “em cada ligação, vamos ampliando este nosso instrumento em conjunto, nas diferentes áreas envolvidas, realizando conversas semanais para discutir as questões que vão surgindo”, salienta.


O projeto iniciou na sexta-feira, dia  24 de abril e, até o momento, foram atendidos, via ligação telefônica, cerca de 30 integrantes do Programa. Nesta primeira semana de trabalho já foram encontradas situações para encaminhamentos imediatos, tanto para apoio psicológico, quanto para profissionais da saúde. Participam desta ação de atendimento um grupo de professores da Universidade, integrantes do Projeto de Extensão Educação em Saúde, que engloba os diversos cursos da área da Saúde, além dos cursos de Psicologia e Educação Física, vinculados ao Departamento de Humanidades e Educação. 


De acordo com o professor Leopoldo Schonardie, coordenador do PITI, atualmente fazem parte do Programa cerca de 120 pessoas matriculadas atualmente, na maioria mulheres, porém, há um cadastro com mais de 160 considerando pessoas que não renovaram o vínculo com as atividades da Universidade, e o objetivo, com o tempo, é alcançar estas pessoas também. “Precisamos dar esta atenção especial, percebemos a grande importância de manter o diálogo, os retornos são muito positivos para nosso alunos, que se sentem acolhidos”, complementa.


Mais sobre o Programa Integrado para a Terceira Idade


O Programa Integrado para a Terceira Idade – PITI, projeto de extensão do curso de Educação Física, tem como objetivo realizar atividades que visam promover uma melhor qualidade de vida, bem-estar, lazer e integração sociocultural entre os participantes. Iniciado no ano de 1999 sob a coordenação do professor Paulo Carlan, atualmente é coordenado pelo professor Leopoldo Schonardie Filho e atende a cerca de 120 idosos, oportunizando atividades como ginástica, dança, musculação, jogos adaptados, trabalho em parceria com entidades assistenciais do município, entre outras ações. “Um dos pressupostos da Unijuí como Universidade Comunitária é proporcionar estas atividades e integrar ações com a nossa comunidade”, observa o coordenador do PITI.


Mais sobre o Projeto de Extensão Educação em Saúde 


O projeto envolve professores e estudantes, bolsista ou voluntários, dos cursos de Farmácia, Fisioterapia, Nutrição, Enfermagem, Estética e Cosmética e Biomedicina, além do curso de Ciências Biológicas (Mostras de Saúde). A educação em saúde é um desafio para os serviços de saúde e também para a Universidade. Dessa forma, ele visa discutir e problematizar com os estudantes as vivências, a partir da integralidade; envolver os estudantes em atividades de ensino e serviços aos usuários assistidos por uma equipe de saúde; proporcionar vivências e consolidação de conhecimentos de núcleos profissionais e também vivências interdisciplinares, como vivências de campo.



Fonte: Unijuí realiza atendimentos e encaminhamentos de saúde para idosos por telefone - Unijuí

Inscrições do Vestibular 2020/2 da PUCPR estão abertas

02/06/2020 12:04

Egressas da Pós-Graduação UNIFEV publicam artigo em revista internacional

02/06/2020 11:43

Webinar: O valor das Redes de Cooperação em tempos de crise

02/06/2020 10:09

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.