NOTICIA

No Dia Nacional do Livro Didático, Inep reforça que Censo Escolar é requisito para ingressar no programa

28/02/2020 08:15

O livro didático já se tornou parte do cotidiano das escolas públicas brasileiras, mas nem sempre foi assim. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), lembra, nesta última quinta-feira, 27 de fevereiro, o Dia Nacional do Livro Didático, e destaca um dos maiores programas de distribuição de livros escolares do mundo, o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), política pública que beneficia a comunidade escolar da educação básica no Brasil.

PNLD – O Programa Nacional do Livro Didático é executado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC). Em 2020, o programa vai distribuir 172 milhões de exemplares para 32 milhões de estudantes de 173 mil escolas públicas do país. O investimento previsto é de 1,39 bilhão de reais com a aquisição de livros didáticos, obras literárias, obras complementares e dicionários.

O FNDE faz a distribuição dos livros diretamente para as escolas. Considerado uma ferramenta essencial para a formação educacional dos alunos, o livro didático também é um importante orientador para os professores no processo de ensino. A ideia de levar, gratuitamente, obras didáticas para estudantes da rede pública foi implantada no país em 1937, com a criação do Instituto Nacional do Livro.

Ao longo dos anos, o projeto de distribuição foi sendo aperfeiçoado. Em 1985, o PNLD substituiu o antigo programa, trazendo diversas mudanças que permanecem até hoje, como a escolha do livro didático pelo professor, a abolição do livro descartável, com a reutilização dos exemplares, e a extensão da oferta para os alunos dos 1º e 2º anos do ensino fundamental.

Atualmente, todos os alunos do ensino fundamental, do ensino médio e da educação de jovens e adultos das escolas públicas cadastradas pelo Censo Escolar podem receber os livros do programa, desde que firmem o termo de adesão com o FNDE. O MEC mantém ainda o Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE), que distribui obras de literatura, de referência e de pesquisa relativas ao currículo nas áreas de conhecimento da educação básica. A distribuição ocorre de forma periódica e sem a necessidade de adesão, bastando somente o cadastro no Censo Escolar.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social/INEP

Enem 2020: Inep mantém datas e divulga regras com provas digital e impressa

31/03/2020 13:46

TALENTO UNIVERSITÁRIO: Conheça os detalhes para receber o Prêmio

31/03/2020 13:37

Inep publica editais do Enem 2020 e solicitações de isenção da taxa começam a partir de 6 de abril

31/03/2020 09:18

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.