NOTICIA

Missão ao Reino Unido estreita intercâmbio científico

26/04/2019 08:45

O presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), João Luiz Filgueiras de Azevedo, participa de comitiva brasileira liderada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) em visita ao Reino Unido desde a segunda-feira, 22, cuja programação inclui visitas às agências de fomento à inovação, os mais avançados centros de pesquisas e órgãos governamentais. Além do presidente do CNPq, fazem parte da comitiva o Secretário de Políticas para Formação e Ações Estratégicas do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcelo Marcos Morales; e a Diretora do Departamento de Infraestrutura de Pesquisa e Políticas de Formação e Educação em Ciência do MCTIC, Maria Zaira Turchi.

Comitiva brasileira em Londres

O objetivo da missão é promover a troca de experiências no monitoramento de impactos da pesquisa, desenvolvimento de projetos e estreitamento do relacionamento entre centros de pesquisa e indústrias. A viagem acontece no âmbito do Ano Brasil-Reino Unido de Ciência e Inovação 2018-2019 e conta com representantes brasileiros que compõem o ambiente de pesquisas e inovação do país e vai até o dia 27 de Abril.

Nesta última quinta-feira, 25, a comitiva brasileira realizou visita à Universidade de Manchester onde estiveram reunidos com a vice-presidente de Pesquisa Coette Fagan e, no Instituto Nacional do Grafeno, encontraram-se com o Prof. Andre Geim, Nobel de Fisica de 2010, descobridor do grafeno e por demonstrações concretas da levitação magnética.

Comitiva Brasileira com o Nobel da Física, Prof Andre

André Geim (quinto da esquerda para a direita) recebe a comitiva brasileira no Instituto Nacional do Grafeno.

Das atividades já realizads nos dias anteriores, destacam-se a reunião com Departamento de Negócios, Energia e Estratégia Industrial, com o Diretor da Global Science and Innovation, Tom Child; a reunião com Jade Quimet-Fortin, Secretário de Politicas Internacionais da UKRI - Research and Innovation; o encontro com Dr Benjamim Reid, chefe de Inovação Internacional e Programas de Desenvolvimento da Nesta Innovation Foundation; reunião com Embaixador do Brasil no Reino Unido Fred Arruda; além de encontros nos Conselhos Britânicos - BBSRS e MRC na Royal Society, onde foi organizado um Fórum de debates 'Reino Unido e Brasil'.

Sobre o Ano Brasil-Reino Unido de Ciência e Inovação 2018-2019

É uma iniciativa liderada pelos governos do Brasil e do Reino Unido, inicialmente discutida em agosto de 2017, em Londres. O Ano foi oficialmente lançado em 27 de março de 2018 em Brasília, numa cerimônia no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

As atividades ocorreram entre março de 2018 e abril de 2019, e incluíram seminários, exposições, palestras e missões empresariais e acadêmicas em ambos os países.

A ação contou com a visita dos navios RSS James Cook e HSM Protector ao Brasil, mostrando um pouco sobre as pesquisas oceânicas e antárticas realizadas pelo Reino Unido em prol do conhecimento sobre mudanças climáticas.

Durante o Ano, mais de 30 cientistas do Reino Unido visitaram o Brasil para compartilhar seus estudos em tópicos variados, como biodiversidade, bionanotecnologia, agricultura sustentável, genética e astronomia.

Dois novos centros no Brasil foram lançados para promover pesquisa em energias renováveis ¿ gás sustentável e bioquerosene. Mais de 6 mil pessoas compareceram aos cerca de 60 eventos realizados nos dois países. O Ano foi concluído com a visita ao Brasil, em abril de 2019, do laureado do Prêmio Nobel de Química de 2016, Sir Fraser Stoddart, que ministrou uma série de palestras projetadas para inspirar a próxima geração de cientistas.

O projeto teve como objetivo celebrar a excelência da colaboração entre Brasil e Reino Unido nas mais diversas áreas da ciência, servindo também como uma importante plataforma para a formação de novas parcerias. Uma oportunidade para cientistas, empreendedores, bem como empresas brasileiras e britânicas comemorarem os resultados alcançados e pensarem em como aprofundar a colaboração frente aos desafios globais contemporâneos. Em especial, quatro áreas temáticas foram contempladas: clima e biodiversidade; agricultura sustentável; saúde e ciências da vida; energia.

Fonte: CNPq

CNPq recebe propostas de bolsas PQ e PQ-Sr

23/05/2019 11:30

Ministro quer rever metas do Plano Nacional de Educação

23/05/2019 11:21

Inep divulga resultado da solicitação de atendimento específico e especializado; período de recursos começa nesta quinta-feira

23/05/2019 11:16

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.