NOTICIA

Inep aplica exame de proficiência em português em 106 postos no Brasil e exterior

28/05/2019 09:03

O exame para obtenção do Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras) começa a ser aplicado nesta terça-feira, 28 de maio, em 106 postos no Brasil e no exterior. Pela manhã, todos os inscritos farão a parte escrita do exame. À tarde, de acordo com agendamento, terá início a aplicação da parte oral. Os postos aplicadores têm até quinta-feira, 30, para concluir a aplicação.

O Celpe-Bras registrou 6.016 inscritos para o primeiro semestre de 2019. O exame é direcionado a estrangeiros e brasileiros que não possuem o português como língua materna e buscam o certificado oficial de proficiência. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é responsável pela aplicação, com apoio do Ministério da Educação e em parceria com o Ministério das Relações Exteriores.

Para obter a certificação de proficiência em Língua Portuguesa o participante deverá alcançar, pelo menos, o nível intermediário nas duas partes do exame. De acordo com a pontuação, será classificado em níveis de proficiência: avançado superior, avançado, intermediário superior, intermediário e sem certificação. O resultado está previsto para ser divulgado em agosto de 2019.

Orientações – A escolha do posto aplicador foi apontada pelo participante no ato da inscrição, de acordo com o limite de vagas disponibilizadas. Não é permitido fazer o exame em local diferente do selecionado na ocasião. É responsabilidade do participante verificar a situação da inscrição pelo Sistema Celpe-Bras. O horário e local das provas é informado pelo próprio posto aplicador. O Inep garantirá atendimento específico e especializado, e recursos de acessibilidade, a quem solicitou durante a inscrição.

A parte escrita, com três horas de duração, tem quatro tarefas de produção textual. Elas abrangem mais de um componente ou habilidade de uso da Língua Portuguesa. A prova exigirá a produção de texto a partir de diferentes insumos: vídeo, áudio e texto escrito. Já a parte oral é uma avaliação individual, com 20 minutos de duração. O exame é uma interação face a face entre o participante e o avaliador-interlocutor, planejado a partir das informações fornecidas durante a inscrição. Outras três situações de conversas são baseadas em textos de variados gêneros, que mesclam linguagem verbal e não verbal, os chamados elementos provocadores.

No Brasil, haverá provas em todas as regiões. No exterior, o Celpe-Bras será aplicado, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores, nos seguintes países: África do Sul, Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Nigéria, São Tomé e Príncipe, Costa Rica, Nicarágua, El Salvador, República Dominicana, Estados Unidos, México, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai, Venezuela, China, Coreia do Sul, Alemanha, Áustria, Espanha, Portugal, Finlândia, França, Itália, Noruega, Polônia, Reino Unido, Suíça, Israel e Líbano.

Saiba mais sobre o Celpe-Bras

Fonte: Assessoria de Comunicação Social/INEP

Comissão proíbe cobrança da primeira via de diploma por universidades e escolas

23/08/2019 10:41

MEC capacita professores e gestores sobre nova base curricular

23/08/2019 10:38

PF começa a investigar suspeitas de ataque cibernético no MEC

23/08/2019 10:37

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.