NOTICIA

Abertas as inscrições para o Enem 2020, com versão digital e novo recurso de acessibilidade

11/05/2020 11:20

As inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 estão abertas desde as 10h desta segunda-feira, 11 de maio. Nesta edição, o Enem se integra ao portal de acesso único aos serviços digitais do Governo Federal. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) inova ao implantar o Enem Digital em aplicação-piloto para mais de 100 mil inscritos. Pela primeira vez, todos os participantes devem anexar sua foto para concluir a inscrição. Além disso, na edição impressa, será disponibilizado um novo recurso acessível para participantes com deficiência visual.

Gov.br – Para quem solicitou isenção da taxa de inscrição, o acesso ao sistema do Enem é realizado com usuário e senha únicos criados no portal gov.br, que dá acesso a todos os serviços digitais do portal do Governo Federal. É muito importante memorizar a senha ou anotá-la em local seguro, porque é com ela que o participante vai acompanhar todas as etapas do Enem, incluindo a consulta das notas em 2021. Quem não solicitou a isenção fará a inscrição normalmente e só depois deverá fazer seu cadastro no portal gov.br para acessar a Página do Participante e acompanhar a confirmação de sua inscrição e de suas solicitações.

Fotografia – Todos os participantes precisam anexar uma foto no sistema para concluir a inscrição. Ela vai facilitar a identificação e aumentar a segurança durante as etapas do exame. A foto deve ser atual, individual, colorida e precisa mostrar bem o rosto do participante, com foco, em fundo branco que enquadre desde a cabeça até os ombros, sem o uso de óculos escuros e artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares). O formato do arquivo pode ser JPG, JPEG ou PNG, com tamanho máximo de 2 MB. Imagens em formato PDF não serão aceitas pelo sistema.

Isenção – Devido às medidas de restrição social, decretadas em razão da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), o Ministério da Educação e o Inep irão garantir, no ato de inscrição, a gratuidade para todos os participantes que preencham os requisitos descritos no edital, mesmo sem o pedido formal de isenção. Os isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de provas e não justificaram a ausência também têm o benefício assegurado. Para quem não se enquadra em um dos perfis para a isenção, o valor da taxa de inscrição permaneceu o mesmo da edição de 2019: R$ 85, que deverá ser pago até 28 de maio, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU).

Acessibilidade – Os participantes com cegueira, surdocegueira, baixa visão e visão monocular terão mais um recurso à disposição. O leitor de tela é um aplicativo que possibilita a leitura de textos no computador, ao converter, por meio de voz sintetizada, tudo o que aparece escrito no monitor. O software disponibilizado será o NVDA, e o sistema, o Dosvox. Os atendimentos especializados são garantidos pela Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep aos participantes que solicitarem os recursos na inscrição. Para facilitar a compreensão, os atendimentos específicos (gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar) foram incluídos na denominação “especializado”. As solicitações para esses atendimentos deverão ser feitas no mesmo período da inscrição, entre 11 e 22 de maio, na Página do Participante.

Os pedidos de tratamento por nome social serão feitos entre 25 e 29 de maio pelo mesmo sistema, com previsão de divulgação dos resultados em 5 de junho. O período para apresentação de recursos será entre 8 e 12 de junho, e a disponibilização dos resultados finais, em 18 de junho.

Enem Digital – O Inep irá garantir a oportunidade de fazer o exame em versão digital para os 101 mil participantes que se inscreverem primeiro. A modalidade é ofertada em todos os estados e no Distrito Federal, nos municípios definidos no Anexo I do edital, com número respectivo de vagas. Apenas os alunos concluintes ou que já terminaram o ensino médio e não precisam de recurso de acessibilidade poderão se inscrever para fazer as provas. Os computadores para o exame serão disponibilizados nos locais de aplicação, e não será possível utilizar equipamento pessoal. Nesta edição, o Enem Digital não vai ofertar recursos de acessibilidade, que serão assegurados no Enem impresso (prova em papel).

Enem – A estrutura do exame permanece com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias. O Enem impresso será aplicado nos dias 1º e 8 de novembro, e a versão digital, em 22 e 29 de novembro.

Acesse a Página do Participante do Enem

Leia os editais do Enem 2020

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Inep

MEC discute novas formas de avaliar ensino superior Fonte: Agência Brasil

21/10/2020 15:47

Encontro define logística de segurança do exame

21/10/2020 15:38

PUC-Rio: Teses dos departamentos de Economia e Filosofia conquistam Prêmio Capes de Tese 2020

21/10/2020 15:25

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.