CLIPPING

Inep lança campanha de redes sociais em Libras para participantes surdos do Enem 2019

15/05/2019 09:57

Pessoas surdas que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 podem se informar sobre todas as etapas pelas redes sociais do Inep. Pequenos vídeos explicativos, em Língua Brasileira de Sinais (Libras), já estão disponíveis em todas as plataformas do instituto – Facebook, Instagram, Twitter e YouTube. A produção do Inep, em parceria com a Comissão de Libras do Enem, faz parte de uma campanha própria para as redes sociais, com veiculação durante toda a edição do Enem. A abertura dos vídeos traz a Bia, personagem surda da Galera do Enem.

Esta é a terceira edição do Enem que conta com peças de comunicação pensadas especialmente para os participantes surdos que estão nas redes sociais. A campanha faz parte do Enem em Libras, uma iniciativa da Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep direcionada às pessoas que tem a Língua Brasileira de Sinais como primeira língua. Os vídeos vão destacar as principais informações e datas do exame, que será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro.

Pessoas surdas que quiserem fazer o Enem 2019 têm à disposição outros conteúdos exclusivos em Libras. O Inep disponibiliza uma versão do edital e um passo a passo das inscrições, ambos em Libras, em seu canal no YouTube. Também é possível se preparar para a prova por meio da plataforma Videoprova em Libras, que reúne questões em Libras das provas do Enem de 2017 e 2018.

Conquistas – O atendimento às diferentes necessidades dos participantes surdos, deficientes auditivos e surdocegos é uma preocupação do Inep ao longo da história do Enem. Recursos de acessibilidade, como tradutores e intérpretes de Libras, são oferecidos desde o ano 2000. Em 2015, o Inep começou a divulgar uma versão do edital e orientações aos participantes em Língua Brasileira de Sinais. A partir de 2017, passou a oferecer a videoprova em Libras e levou o tema “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil” para a redação, promovendo o debate sobre o assunto. Pela primeira vez foi feita uma campanha para as redes sociais.

No ano de 2018, o Inep lançou o selo Enem em Libras, que identifica todo o conteúdo disponível em Língua Brasileira de Sinais, e publicou a primeira versão da Cartilha do Participante – Redação no Enem. No mesmo ano, foi lançada a plataforma Videoprova em Libras, na qual o instituto disponibiliza os vídeos com os enunciados e as opções de respostas da videoprova, permitindo que os participantes surdos estudem no mesmo formato acessível em que elas são aplicadas. A funcionalidade, disponível para as provas de 2017 e 2018, permite assistir ao vídeo das questões e conferir o gabarito, se o participante desejar.

Na edição deste ano, pela primeira vez, participantes surdos, deficientes auditivos e surdocegos poderão indicar, durante a inscrição, o uso do aparelho auditivo ou de implante coclear.

Enem em Libras – Iniciativa da Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep, o Enem em Libras é direcionado à comunidade surda que tem a Língua Brasileira de Sinais como primeira língua, e garante editais, videoprovas, cartilhas do participante e campanhas de comunicação do exame em Libras, tornando o Enem mais acessível.

Edital do Enem em Libras

Passo a passo da inscrições em Libras

Plataforma Videoprova em Libras

Facebook do Inep

Instagram do Inep

Twitter do Inep

YouTube do Inep

Fonte: Assessoria de Comunicação Social/INEP

Veja também

Educação aprova reserva de vagas ociosas para idosos em universidades

18/10/2019 10:33

MEC reformula proposta do Future-se e diz que lançará nova consulta pública até o dia 28

18/10/2019 10:09

Pagamento de bolsas do CNPq está garantido este ano, diz governo

18/10/2019 08:21

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.