CLIPPING

FACCAT terá Congresso Internacional de RSU

18/04/2018 11:49


O “I Congresso Internacional de Responsabilidade Social Universitária: Gestão e conhecimento para a transformação da sociedade” acontecerá de 23 a 25 de maio, no Centro de Eventos das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat), organizadora do encontro em parceria com a Unión de Responsabilidad Social Universitaria Latinoamericana (URSULA).


Esta é a primeira edição do Congresso Internacional de Responsabilidade Social Universitária (CIRSU) no Brasil, que tem por objetivo criar espaços de diálogo e troca de experiências sobre os conceitos, as abordagens, os indicadores, as práticas e as políticas públicas que envolvem a Responsabilidade Social Universitária (RSU). Além disso, pretende refletir com as instituições de ensino superior sobre iniciativas inovadoras e sustentáveis de empreendedorismo social, agroecologia, energias alternativas, entre outros temas.


Podem se inscrever, até o dia 2 de maio,  gestores, professores, técnico-administrativos e alunos de instituições de ensino superior, bem como a suas Comissões Próprias de Avaliação (CPAs) e Comitês de Responsabilidade Social; empresas, organizações públicas e privadas; e escolas de educação básica que busquem articular-se nessa parceria com as instituições de ensino superior para a realização de projetos com práticas inovadoras de responsabilidade social e sustentabilidade.


Durante os três dias de evento, haverá uma intensa programação e conferencistas renomados, como o professor Dr. François Vallaeys (Universidad del Pacifico, Peru); a professora Dra. Sonia Reynaga Obregón (Universidad de Guadalajara, México); o Dr. Rui Marques (Observatório de Responsabilidade Social e Instituições de Educação Superior - ORSIES, Portugal); e Florent Kaiser (Centre for International Forestry Research - CIFOR, Peru).

Conforme a coordenadora do congresso na Faccat, Sabrina Kiszner, a programação do CIRSU 2018 vai contemplar a RSU desde a sua concepção (conceitos), passando pelos indicadores (sua articulação com a Avaliação Institucional), até as práticas sustentáveis e inovadoras (e a forma como são divulgadas à sociedade).


Além das conferências, o evento contará com mesas-redondas e painéis sobre temas relacionados, incluindo ainda palestrantes já confirmados, como o professor Dr. José Ivo Follmann, Rede AUSJAL; a professora Dra. Cláudia Gribowski, da UnB; o professor Dr. Josué Lazier, do ForExt; e a professora Dra. Liane Rotta, ORSALC/ORSUB, além de representantes do MEC/SERES e da CAPES.


Entre os painelistas, estão confirmados o Instituto Villaget (Brasil), Academia de Líderes UBUNTU (Portugal), Programa RedEs-Car (Colômbia), Centro Latinoamericano de Aprendizage y Servicio Solidario - CLAYSS (Argentina), Cooperativa Ecocitrus(Brasil), EKT Ekological Technologies (Brasil) e Ambiente Verde Reaproveitamento Inteligente (Brasil).


O congresso também terá atrações paralelas, como a Feira de Boas Práticas de Responsabilidade Social Universitária , que pretende oportunizar aos participantes o compartilhamento de suas experiências de RSU sob a forma de pôsteres. Poderão se inscrever para a feira, até o dia 20 de abril, alunos, docentes e técnicos de instituições de ensino superior; e organizações da sociedade civil e governos locais que, de forma articulada com as instituições, contribuam para o desenvolvimento sustentável, por meio de práticas inovadoras.


DESAFIO: "A gestão social do conhecimento e da educação nos convoca em um momento dramático na história humana quando tudo indica que nos tornamos uma espécie em perigo de extinção no planeta. Todas as luzes estão vermelhas: água doce disponível, aquecimento global, biodiversidade e etnodiversidade, desigualdade e falta de equidade social, corrupção, desinteresse dos alunos e desonestidade acadêmica, obsolescência dos conteúdos e métodos de ensino, etc.”, revela o presidente da Unión de Responsabilidad Social Universitaria Latinoamericana (URSULA), François Vallaeys, ressaltando que, enquanto isso, as universidades estão muito ocupadas observando sua posição em rankings internacionais e confundindo “qualidade" com o número de publicações em revistas indexadas anglo-saxônicas.


Para a coordenadora do Comitê de Responsabilidade Social da Faccat, Sabrina Kiszner, são dias desafiadores para a sociedade, tanto no aspecto social, como ambiental e econômico. “A demanda por soluções que nos levem ao desenvolvimento sustentável nos interpela a repensarmos o papel das instituições de ensino como agentes de formação  de cidadãos conscientes de sua inserção e responsabilidade com as gerações do presente e do futuro; agentes de produção e difusão de conhecimento útil à sociedade; e como organizações que produzem impactos - positivos e negativos, a partir de suas decisões e atividades, além dos seus processos e práticas institucionais”, argumenta Sabrina.


Ciente de que não há outro caminho a percorrer, a coordenadora entende que a extensão universitária, como um terceiro pilar, ao lado do ensino e da pesquisa, não pode, por si só, enfrentar esse difícil desafio. “As instituições de educação precisam assumir a pertinência e a relevância social como o cerne inovador da qualidade que trará à humanidade um futuro mais justo, equitativo e sustentável”, destaca, reforçando que a Faccat é a primeira instituição brasileira a integrar a Unión de Responsabilidade Social Universitaria Latinoamericana (URSULA) e que está em processo de implantação do modelo de gestão integral e transversal da RSU.


Confira a programação completa do congresso em http://rsu.faccat.br.

Veja também

Instituto disponibiliza repositório comum a pesquisadores

21/09/2018 10:43

Educação a distância cresce 17,6% em 2017; maior salto desde 2008

20/09/2018 16:29

Baixa ocupação de vagas remanescentes inspira nova política do MEC para as federais

20/09/2018 15:27

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.