CLIPPING

Evento de educação com políticos em Brasília é cancelado por suspeita de coronavírus, e Weintraub ironiza

11/03/2020 08:55

Ministro da Educação ironizou possibilidade de organizadora do evento estar doente.


O movimento Todos Pela Educação cancelou a continuidade de um evento sobre o tema em Brasília porque a presidente da entidade, Priscila Cruz, está com suspeita de infecção por coronavírus. Na última segunda-feira (9), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), esteve no encontro.

Parlamentares, secretários, especialistas de educação, jornalistas e centenas de convidadas também participaram do Educação Já, cuja programação iria até quarta-feira (11). Nomes como o do presidente do Supremo Tribunal Federal, José Antonio Dias Toffoli, do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e do secretário de Educação do estado, Rossieli Soares, estavam na programação desta terça e quarta.

Priscila Cruz é a principal anfitriã do evento e recepcionou os convidados, como Maia e o secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, que também compôs os debates. Ela esteve em viagem pela Europa no Carnaval, na Alemanha e Noruega.

Novo coronavírus


Em comunicado, o movimento indicou que a suspeita foi confirmada nas primeiras horas desta última terça-feira (10). Os resultados dos exames devem sair em até dois dias.

"Embora não haja uma determinação oficial das autoridades de saúde, decidimos cancelar o evento como medida preventiva", diz a nota.

A entidade divulgou na tarde desta terça-feira que Priscila Cruz fez novos exames no hospital Sírio Libanês. O diagnóstico apontou infecção por rinovírus, comum em resfriados.

Isso diminui a chance de coronavírus, embora a possibilidade não seja descartada. Priscila continua em isolamento, em Brasília, até o diagnóstico final.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, ironizou nas redes sociais a possibilidade de Priscila estar doente.

Weintraub já havia feito uma sequência de publicações de ataques à executiva do movimento, que já expôs desaprovação da conduta dele no MEC (Ministério da Educação).

"Para fechar o bloco de informações sobre Priscila Cruz e sua ONG 'Todos pela Educação': CORONAVÍRUS!!!", escreveu o ministro no Twitter na manhã desta terça.

Uma nova publicação citava um salmo da Bíblia sobre castigos divinos. "O Senhor fará recair sobre eles a sua própria iniqüidade, e os destruirá na sua própria malícia; o Senhor nosso Deus os destruirá."

Na segunda-feira, Maia disse durante sua participação no evento que evitaria criticar Weintraub porque, se o fizesse, o risco de ele permanecer no cargo seria maior.

"Infelizmente o debate com o governo não é do tamanho que gostaríamos, independentemente de gostarmos ou não do ministro", disse. "Prometi que não falaria mal dele, senão ele não cai de jeito nenhum."

Fonte: Folha de S. Paulo

Veja também

Brasil registra 2.915 casos confirmados de coronavírus e 77 mortes

27/03/2020 08:54

Senado deve votar projeto que libera telemedicina para profissionais de saúde

27/03/2020 08:38

Senacon orienta consumidor a não pedir devolução de mensalidades

27/03/2020 08:26

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.