CLIPPING

ENEM 2018: Candidatos já podem consultar os resultados de pedidos de isenção

24/04/2018 11:56

Os resultados das solicitações de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, bem como os das justificativas de ausência na edição anterior, foram liberados nesta segunda-feira, 23. Os dados podem ser conferidos na Página do Participante, disponível no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação. Para acessar as informações, é necessário informar o CPF e a senha cadastrada no momento da solicitação ou justificativa.


O período de recursos começou nesta segunda e ficará aberto até as 23h59 (horário de Brasília) de 29 de abril, domingo, também na Página do Participante. A solicitação de isenção, a justificativa de ausência e a possibilidade de recursos são novidades desta edição do Enem, que completa 20 anos de realização.


Quem teve a justificativa de ausência reprovada por não ter apresentado a documentação exigida ou por incorreção nos dados apresentados terá uma segunda chance de apresentar esses comprovantes durante o período de recursos. Já aqueles que tiveram a solicitação de isenção reprovada por outros motivos terão que apresentar novos documentos, conforme previsto no edital do Enem.


O resultado do recurso será divulgado em 5 de maio, a dois dias do início das inscrições. Se o recurso for negado, o interessado em prestar o Enem 2018 ainda terá a opção de fazer a inscrição e pagar a taxa de R$ 82. Todos os interessados em fazer o exame, isentos ou não, deverão se inscrever entre 7 e 18 de maio. 


Novidades


O período de solicitações de isenção da taxa e de apresentação de justificativas de ausência ficou aberto de 2 a 15 de abril. Ao todo, 3.818.663 brasileiros solicitaram o direito de não pagar a taxa de inscrição. Este ano, mais pessoas tinham direito à isenção. Os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2017 que obtiveram proficiência nas áreas de conhecimentos do ensino médio nas quais se inscreveram passaram a ser beneficiados.


As novidades complementam as mudanças lançadas pelo Ministério da Educação e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no Enem 2017 para evitar o desperdício do dinheiro público. As últimas cinco edições do Enem, juntas, representaram um prejuízo de R$ 962 milhões com participantes que se inscreveram, mas não compareceram às provas. No Enem 2017, foram 2.017.253 ausentes e, dentre esses, 83,8% eram isentos. Além disso, dos 222.132 participantes que eram ausentes reincidentes, 92,78% eram isentos. O prejuízo com ausências no Enem 2017 foi de R$ 176.590.328.



Fonte: Assessoria de Comunicação Social - MEC

Veja também

Instituto disponibiliza repositório comum a pesquisadores

21/09/2018 10:43

Educação a distância cresce 17,6% em 2017; maior salto desde 2008

20/09/2018 16:29

Baixa ocupação de vagas remanescentes inspira nova política do MEC para as federais

20/09/2018 15:27

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.