CLIPPING

Comunitárias apresentam experiências em Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional

24/04/2018 12:02

O Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Câmara dos Deputados – CEDES, promoveu na última quarta-feira, 18, o Seminário Internacional “Instituições de Ensino Superior e Desenvolvimento Regional: parcerias, iniciativas e perspectivas”, no Auditório Nereu Ramos, em Brasília e contou com representantes da Associação Brasileira das Instituições Comunitárias de Educação Superior – ABRUC, e do Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas – COMUNG, que apresentaram experiências vividas nas comunidades regionais do Rio Grande do Sul.


O Secretário de Educação Superior do Ministério da Educação – MEC, Paulo Barone, destacou a experiência e a tradição que as Instituições Comunitárias de Educação Superior – ICES, possuem nas ações de integração com a comunidade local e regional e que contribuem para o desenvolvimento das regiões onde estão instaladas. “As Instituições Comunitárias aqui representadas pela ABRUC têm, na iniciativa local e regional, uma virtude parecida com a que estamos procurando em outros ambientes. Não é à toa que um dos nossos pilotos para testar conceitos, metodologias e desenvolver projetos de desenvolvimento regional está se dando numa região onde uma iniciativa comunitária antecedeu à iniciativa do Estado”, enfatizou Barone.


Para o Secretário da SESu é preciso que, no âmbito do desenvolvimento regional, se una duas características muito importantes: a sociedade que se organiza e o Estado que contribui para que a soma desses dois integrantes possa produzir um resultado maior que um deles, isoladamente. “Nós temos que destacar essa experiência importante que precisa ser muito bem aproveitada, mantida e irrigada, que são as iniciativas das instituições comunitárias brasileiras”, destacou.


A Coordenadora Administrativa do Parque Científico e Tecnológico da UNIVATES (Tecnovates) e Presidente do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), Professora Cíntia Agostini destacou a atuação da ABRUC e do COMUNG na região do Rio Grande do Sul e apresentou a atuação das universidades comunitárias do estado junto aos COREDEs, desde a sua criação em 1991 e que hoje já somam 28 em todo o estado do RS e o espaço que eles ocupam junto à comunidade. “As regiões, principalmente as do interior do Estado do Rio Grande do Sul, deram-se conta da necessidade de ter identidade regional, da necessidade de chegar a pensar políticas regionais, da necessidade da articulação dessas regiões onde muitas vezes não se conseguia que o Estado atendesse adequadamente”, salientou.


Cíntia destacou, ainda, o papel que as universidades comunitárias exercem na construção do Desenvolvimento Regional junto aos COREDEs. “Se não fosse as nossas universidades, prioritariamente as Comunitárias, talvez nós não estaríamos aqui contando uma história de duas décadas, porque são essas instituições de ensino que iniciaram o processo e que até hoje mantém e dão suporte aos nossos Conselhos Regionais”, frisou.


O Presidente do COMUNG e Reitor da Universidade de Passo Fundo – UPF, Professor José Carlos Carles de Souza, que já integrou a Diretoria da ABRUC fez uma exposição sobre a criação e atuação do Consórcio e apresentou, ainda, o espaço em Passo Fundo, para o desenvolvimento de novas tecnologias, novos produtos e processos, e que estimula e proporciona infraestrutura para o desenvolvimento de pesquisas nas áreas de tecnologia de informação e softwares, alimentos, metalomecânica, biotecnologia, energia, saúde e agricultura de precisão.


Região da Campanha


O Centro de Desenvolvimento Regional (CDR) da região da Campanha no Rio Grande do Sul, destacada por Barone é uma iniciativa que faz parte do projeto-piloto da Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação (Sesu/MEC), por meio do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) e que integra a Universidade da Região da Campanha (URCAMP), Universidade Federal do Pampa (Unipampa), o Conselho Regional de Desenvolvimento da Campanha (Corede Campanha) e Ministério da Educação.


O Pró-Reitor de Inovação da Universidade FEEVALE, responsável pelo FEEVALE Techpark e pela Incubadora Tecnológica da FEEVALE, Professor Cleber Cristiano Prodanov apresentou uma análise da Região da Campanha nos eixos socioeconômicos e expôs o espaço plural e aberto de construção de parcerias sociais e econômicas, visando os interesses locais e setoriais para o desenvolvimento da região da Campanha e o trabalho que vem sendo realizado pelo piloto implantado pelo MEC. “O CDR vem trabalhando essa articulação local junto com estruturas que já existem como as dos COREDEs, dos polos de inovação, das universidades, sejam elas comunitárias ou federais”, explicou.


Para Prodanov, a experiência de Bagé e de toda a região da Campanha é uma experiência riquíssima e única, pois se difere dos demais pilotos implantados e que permitiu a realização de um diagnóstico da região e das articulações que já existem no âmbito do desenvolvimento regional. “A grande contribuição que foi dada é aproximar uma universidade comunitária forte e tradicional da região da campanha à uma universidade federal nova como a UNIPAMPA, ao Instituto Federal e criar uma articulação acadêmica, política, de ciência e tecnologia e que se privilegie essa ação mais efetiva em projetos reais, em projetos de transferência de conhecimentos, em projetos que possam fazer a diferença”, concluiu.


Fonte: Assessoria de Comunicação Social - ABRUC
Foto: Michel Jesus/Acervo/Câmara dos Deputados 

Veja também

ABRUC participa de debate sobre o PL 9.308/17 em Santa Catarina

15/06/2018 16:10

Aprovado financiamento do PROUNI em universidade pública que pode cobrar mensalidade

15/06/2018 16:03

MEC autoriza abertura de vagas do Bolsa Permanência para indígenas e quilombola

15/06/2018 15:53

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.