CLIPPING

Centro da ONU recebe propostas de pesquisa sobre economia circular no Brasil, Chile, México e Uruguai

17/04/2019 13:09

O Centro de Tecnologia do Clima (CTCN) recebe propostas para a realização de pesquisa sobre o estado da economia circular no Brasil, Chile, México e Uruguai. Edital visa elaborar mapeamento de iniciativas e atores relevantes que trabalhem com modelos sustentáveis de produção e consumo nos países, levando em conta os desafios associados à exploração dos recursos naturais na América Latina. Prazo para envio de candidaturas é 8 de maio.


O Centro de Tecnologia do Clima (CTCN) recebe propostas para a realização de pesquisa sobre o estado da economia circular no Brasil, Chile, México e Uruguai. Edital visa elaborar mapeamento de iniciativas e atores relevantes que trabalhem com modelos sustentáveis de produção e consumo nos países, levando em conta os desafios associados à exploração dos recursos naturais na América Latina. Prazo para envio de candidaturas é 8 de maio.

A economia circular é um modelo econômico e industrial que busca recuperar e reusar materiais já processados, protegendo os recursos naturais da superexploração. O objetivo de sistemas circulares é manter recursos escassos e valiosos em circulação por períodos mais longos, por meio da reciclagem e de diminuições nas perdas de materiais.

Alcançar esses objetivos exige a inclusão de processos como reuso, re-design, reutilização, reciclagem, remanufatura e modelos de negócios disruptivos, entre eles, o produto-como-serviço e o ciclo de vida estendido.

Para lidar com esse desafio, os governos do Brasil, Chile, México e Uruguai solicitaram assistência técnica do CTCN — um consórcio de instituições internacionais, regionais e nacionais que tem o apoio da ONU Meio Ambiente e da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), além de ser responsável por atender a pedidos de cooperação tecnológica dos Estados-membros da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC).

A pesquisa deve oferecer um plano sobre economia circular e identificar atores-chave, partes interessadas, iniciativas públicas ou privadas, áreas geográficas, oportunidades e barreiras. A abordagem tem que incorporar e focar nos benefícios climáticos que resultariam de um modelo de economia circular. A análise também deve identificar as vantagens que a circularidade traria para o cumprimento dos Contribuições Nacionalmente Determinadas (NDCs) e das metas do Acordo de Paris.

O trabalho deve ser organizado nos seguintes resultados principais:

  • Desenvolvimento de um planejamento de implementação e de documentos de comunicação;
  • Diagnóstico dos principais atores e iniciativas atuais relacionadas à economia circular em cada país;
  • Identificação do valor da economia circular e definição dos benefícios, fraquezas, oportunidades e desafios em cada país;
  • Revisão de experiências internacionais;
  • Mapeamento de casos bem-sucedidos de aplicação da indústria 4.0 que beneficiem a economia circular no nível internacional e a adoção de práticas no nível local, levando em conta desenvolvimentos tecnológicos nesses países;
  • Identificação de projetos potenciais em economia circular para cada país participante, priorizando áreas geográficas específicas.

A proposta completa deve ser enviada pelo portal de aquisições online da UNIDO: https://procurement.unido.org. Para acessar termos de referência e informações sobre a candidatura, clique aqui (documentos em PDF disponíveis para download ao final da página).

Caso a sua instituição ainda não seja membro da rede CTCN, é possível concorrer à implementação da assistência técnica, com a condição de que uma candidatura completa para a filiação à Rede CTCN seja enviada antes do término do prazo e de que a candidatura seja reconhecida pelo centro. Além disso, o contrato para a implementação, caso a sua proposta seja aceita, fica condicionada à aprovação da candidatura de filiação, feita pelo diretor do CTCN.

Caso o concorrente decida estabelecer parceria com outra instituição para entregar os serviços descritos nos termos de referência do edital, espera-se que a instituição parceira também adira à Rede CTCN.

Fonte: Nações Unidas Brasil


Veja também

Inep divulga CPC e IGC, indicadores de qualidade da educação superior

12/12/2019 08:56

Inep: 13% das instituições avaliadas em 2018 tiveram baixo desempenho

12/12/2019 08:44

Cursos a distância superam presenciais em nota máxima

12/12/2019 08:35

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.