CLIPPING

Banco do Nordeste adere ao FIES e disponibiliza linhas de crédito para acadêmicos

10/07/2018 16:48


Com as novas regras do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) estabelecidas pelo governo federal, outras instituições financeiras passaram a oferecer o serviço, entre elas o Banco do Nordeste, que agora está operacionalizando o Fies por meio da oferta de financiamentos que se destinam ao desenvolvimento do setor produtivo da região Nordeste, Norte de Minas Gerais e Espírito Santo, atendendo a necessidades estabelecidas nos planos regionais de desenvolvimento.


Prioritariamente foram selecionados cursos com foco nas vocações produtivas regionais e locais e de forma compatível com plano regional de desenvolvimento, visando diminuir as desigualdades regionais e prover o mercado com mão de obra qualificada, para atendimento da demanda do setor produtivo da Região.


O Fies é destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores não gratuitos e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação. Ao todo, conforme indicação do Ministério da Educação (MEC), mais de 450 universidades/faculdades podem ser contempladas, com 15 mil cursos beneficiados.


Para ter acesso a linha de crédito do BNB, o estudante tem que ter participado de pelo menos uma edição do Enem a partir de 2010, com nota média igual ou superior a 450 pontos e não ter zerado a prova de redação. Em 2018, o Banco do Nordeste dispõe de R$ 700 milhões em recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para o Fies. O montante é parte dos R$ 30 bilhões que o BNB prevê aplicar na economia da Região no ano.


Entre as vantagens oferecidas pelo banco estão financiamento de 100% da mensalidade do curso, o cadastro e conta por meio digital, não sendo necessário ir até a agência bancária, disponibilização de novas vagas para a região e prazo de até três vezes o tempo de duração do curso.


O objetivo do BNB é trabalhar com três modalidades de financiamento. A Modalidade 1 é voltada para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos, com recursos da União (Fundo Garantidor) e oferta de 100 mil vagas. Já a modalidade 2, tem por foco estudantes com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. Os recursos da linha de crédito são provenientes de Fundos Constitucionais e não haverá garantia do FG-Fies e do Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGeduc). Para finalizar, a modalidade 3 destina-se a estudantes com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e recursos próprios das instituições financeiras. Não haverá garantia do FG-Fies e do Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGeduc), com oferta de até 60 mil vagas.


Mais informações sobre a participação do Banco do Nordeste no fundo estudantil, inclusive a cartilha do Fies, estão disponíveis no site www.bnb.gov.br/fies.


Fonte: Jornal Nova Fronteira

Veja também

A emocionante homenagem à Lia Quintana

17/07/2018 12:02

Cursos de engenharia serão reestruturados: proposta é analisada pelo CNE

17/07/2018 10:40

Inscrições para o FIES já estão abertas, até dia 22, com oferta de 155 mil vagas

17/07/2018 10:25

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.