CLIPPING

Aproximação entre universidade e conselhos de desenvolvimento regional é apresentada em evento

26/04/2018 16:12

A professora e diretora administrativa do Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari (Tecnovates), Cíntia Agostini, que também preside o Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), participou na última semana do Seminário Internacional sobre as Instituições de Educação Superior e Desenvolvimento Regional, promovido pelo Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Câmara dos Deputados (Cedes), em Brasília.


Ela participou do painel “Experiências de desenvolvimento regional associado às instituições de Ensino Superior: dos desafios à concretização”. Cíntia abordou a relação entre universidade e conselhos regionais, que foi construída no Rio Grande do Sul nos últimos 26 anos.


"Os primeiros conselhos regionais foram criados em 1991 com a articulação das universidades comunitárias e demais entidades civis de atuação regional. Atualmente são 28 no Estado, responsáveis por trabalhar a identidade, elaborar e gerir políticas públicas regionais"


Sobre as universidades comunitárias, Cíntia afirmou que são elas que viabilizam e dão suporte aos conselhos regionais. “As sedes dos conselhos estão prioritariamente dentro das universidades, que fazem a interlocução com a região. Os professores dão suporte aos conselhos, participaram das comissões setoriais, dos debates e das demandas regionais e os reitores têm assento nos conselhos. Além disso, as instituições de ensino executam tecnicamente as deliberações desses espaços, realizam projetos com recursos públicos, realizam estudos de temas que a região demanda. Os trabalhos de estudantes também têm um olhar voltado para as oportunidades e necessidades da região”, afirmou ela.


A transmissão do evento pode ser conferida aqui.


Saiba mais: o evento


O objetivo do Seminário Internacional sobre as Instituições de Educação Superior e Desenvolvimento Regional é debater a criação de Centros de Desenvolvimento Regional (CDR) nas universidades, capazes de articular atores para a elaboração de planos estratégicos de desenvolvimento, com impactos sociais, econômicos e ambientais positivos, aproximando a academia dos poderes públicos locais e da comunidade.


Fonte: ASCOM/UNIVATES

Foto: Nicole Morás / UNIVATES

Veja também

Taxa de inscrição no ENEM deve ser paga até quarta-feira

21/05/2018 14:50

Ministro da Educação apresenta balanço em reunião com Frente Parlamentar

17/05/2018 11:15

Resolução do CONCEA revisa utilização de animais em aulas de cursos de graduação

17/05/2018 11:09

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.